sábado, 11 de abril de 2009

Scarlett Johansson

Scarlett Johansson. Há alguns anos, ela só era uma simples atriz norte-americana que aparecia em alguns filmes e logo esquecíamos sua face, mas hoje, Scarlett está entre as maiores atrizes do cinema atual, e está na lista dos atores/atrizes que mais trabalharam nos últimos anos.

Portanto, a equipe Cinemateca decidiu fazer um especial para essa grande atriz, isso devido ao fato dela estar em dose dupla no cinema, com dois filmes bem comentados, The Spirit e Ele Não Está Tão Afim de Você.

Scarlett Johansson nasceu em Nova York no ano de 1984. Começou sua carreira muito cedo, muitos dizem que era uma garota prodígio, em 1994 estava em seu primeiro filme, ou seja, aos 10 anos de idade, no filme de Rob Reiner, O Anjo da Guarda, que tinha Elijah Wood e Bruce Willis no elenco.



Mas seu estrelato veio em 2003, no filme de Sofia Coppola, Encontros e Desencontros, que contracena ao lado de Bill Murray. No filme, Johansson vive Charlotte, uma bela moça perdida em Tóquio que começa ver a cidade de um jeito diferente, com novas cores, ao conhecer o ator despresado pela mídia, interpretado por Murray. Sua interpretação simples, porém magnífica, chamou a atenção dos críticos e dos diretores também. Foi indicada ao Globo de Ouro de Melhor Atriz - Drama, além de ter ganhado o Bafta e no Festival de Veneza na mesma categoria.

Em falar em diretor, foi ao lado do veterano Woody Allen que Scarlett fez seus melhores trabalhos, e para muitos ela se tornou a queridinha do diretor, que desde de Diane Keaton não tinha uma musa para seus inusitados roteiros.

Mas foi em A Ilha de Michael Bay que Johansson conquistou o grande público. Foi seu primeiro bluckbuster e seu primeiro filme de ação, que até então tinha ficado somente nos dramas e comédias independentes, e até mesmo filmes, que no Brasil conhecemos como "Filmes de Sessão da Tarde".

Desde A Ilha (2005), Scarlett não parou de trabalhar, a cada ano, a bela atriz surge com um filme novo, seja comédia ou drama, a moça sempre se destaca, com suas belas curvas e uma atuação marcante.

De longe, ela é só uma atriz gostosa, mas de perto, ela surpreende, mostrando que tem muito mais do que um corpo sensual e sim, cabeça e um grande talento que aos poucos é descoberto pelo público.

Se você não a conhece por nome, pode ter certeza que você já viu um filme com ela.

*Filmes que você não deve perder com Scarlett Johansson:

1º Match Point

Primeiro filme que Scarlett trabalho com Woody Allen. E de longe, seu melhor desempenho como atriz. Filme indiscutivelmente incrível, excelente roteiro, atuações maravilhosas e um final surpreendente. Recebeu uma indicação ao Globo de Ouro de Melhor atriz coadjuvante.





2º O Grande Truque

Ótimo filme de Christopher Nolan, onde Scarlett tem uma pequena personagem, mas de grande importância, sem contar que sua bela face parece dar outra cor a trama, um brilho que ilumina a cada cena que entra. Ela só fortalece aquilo que já estava perfeito. Um suspense bem arquitetado com direito a um final marcante. O Grande Truque é daqueles filmes que a cada vez que vemos, parece que estamos diante de algo novo, e sempre vimos algo que não haviamos visto antes.



3º Scoop - O Grande Furo

Chegou de fininho nos cinemas, quando chegou nas locadoras, poucas pessoas viram e pouco foi comentado. Mas aí está mais uma pérola do diretor Woody Allen e da atriz Scarlett Johansson. Scoop é uma pequena e sutil obra-prima, simples no formato, grandioso na idéia, magnífico no resultado final. Uma singela comédia disfarçada em filme de suspense. A história de um serial killer com a visão de um diretor sarcástico. Scarlett prova nesse filme sua veia cômica e enche a tela de carisma ao lado de Hugh Jackman e Allen.



4º Ele Não Está Tão Afim de Você:

Desta vez ela não está só e divide a tela com outras grandes atrizes, como Jennifer Connelly, Jennifer Aniston, Drew Barrymore e Ginnifer Goodwin. Filme linear, sutil porém marcante. Uma comédia romântica sobre aqueles romances que nem sempre acontecem. Scarlett não perde a pose e nem o brilho diante de outras beldades e nesse filme ela empresta suas belas curvas, sensualidade, sua voz e é claro, sua grande atuação.




5º Vicky Cristina Barcelona

Mais um trabalho da atriz com o diretor Woody Allen. Nesse filme ela divide a tela com grandes nomes do cinema atual como Penélope Cruz e Javier Bardém. Ela vive Cristina, indecisa, romântica, sensual, divertida, corajosa e aventureira. Um filme diferente, original e vale a pena ver para conhecer mais sobre seu trabalho, assim como o trabalho de Allen.





*Arrisque, no final vale a pena:

1º A Ilha

Seu primeiro bluckbuster. A Ilha poderia ser mais um filme de ação nas mãos de Michael Bay, mas seu roteiro inovador é o grande mérito do filme e por isso merece ser visto. Scarlett encara seu primeiro grande papel no cinema comercial e mesmo diante de tantas luzes, explosões e efeitos mais do que especiais, ela não se apaga, assim como seu companheiro, Ewan McGregor e assim como o excelente roteiro. Arrisque.



2º A Outra

A Outra é um filme fraco em questão astística, cenários e figurinos previsíveis e poucas cenas externas para um filme de época, parecendo um filme feito para tv. Mas surpreende na história interessante de Maria e Ana Bolena, um fato um tanto quanto esquecido na história. Scarlett perde um pouco o brilho, não pela atuação, mas pela personagem tola que interpreta e além do fato de contracenar com Natalie Portman que praticamente é o filme todo. Mas vale a pena, o roteiro é interessante e ter Portman e Johansson no mesmo filme, vale cada minuto.


3º Uma Canção de Amor Para Bobby Long

Marca o grande momento de Scarlett como atriz, uma das melhores personagens que ela interpretou ao longo de sua carreira e uma de suas melhores atuações. O filme vale a pena por ela, ela está linda e é neste filme que ela prova seu grande talento. As cenas que ela atua ao lado de John Travolta e Gabriel Match são surpreendentemente incríveis, marcantes e comoventes. Não é a toa que foi indicada ao Globo de Ouro.




4º O Diário de Uma Babá

Pela capa, pelo nome, aparenta ser mais um filme de sessão da tarde. Mas não se deixe levar pelas aparências, existe um grande potêncial nesse filme. Mais uma vez Johansson mostra seu lado cômico e mais uma vez surpreende. Um filme divertido para uma tarde de domingo, mas vai além, é um filme cativante que nos mostra o quão difícil é saber quem nós somos e nos expôe a saga de uma inexperiente babá na busca de descobrir quem é, e percebe que a única maneira de descobrir isso é se perdendo na vida de outras pessoas. E acaba cuidando de um garoto levado e sua mãe nada carinhosa, mostrando o novo modo de vida dos norte-americanos, com um humor leve e um toque de drama.

*Passe Longe:

1º Moça Com Brinco de Pérola

3 indicações ao Oscar, e indicação ao Globo de Ouro por sua atuação. Mas não vale a pena perder tempo assitindo esse filme, nem sua atuação é tão marcante assim. Um filme monótono, chato e entediante. Com uma história sem sentido algum que nos faz perguntar o porquê de alguém querer adaptar essa obra que não fala sobre muita coisa, que nos faz ficar entediantes minutos diante da tela para saber o motivo de um homem ter pintado um tal quadro, chamado "Moça com Brinco de Pérola"(!!!??) Que neste caso, a moça é interpretada por Scarlett.


2º Dália Negra

Uma história interessante sobre um brutal assassinato de uma famosa atriz há alguns anos atrás. Poderia ter sido um ótimo filme, mas se perde completamente em cenas de sexo e personagens amargos. A personagem mais viva do filme é a atriz morta que em seus flash backs mostra mais interesse em rodar o filme. Era para ser a história sobre as pessoas que se envolveram no caso dela, mas suas histórias são tão chatas que o máximo que o roteirista conseguiu foi fazer as personagens interpretadas por Josh Hartnett ter um caso com Hilary Swank, evitando obcessões ou lados psicológicos afetados, ou seja, evitando um bom motivo para filmar o filme. Fique longe desse filme, a não ser que você goste mesmo de Scarlett Johansson que até que não está ruim, mas o filme não ajuda.


Scarlett Johansson em seus filmes:








(1)A Ilha (2)Vicky Cristina Barcelona (3)Match Point (4)O Diário de uma Babá


Scarlett Johansson ao lado de Woody Allen em Scoop- O Grande Furo. Onde o diretor teve a grande oportunidade de contracenar com sua musa.





Encontros e Desencontros. Seu grande momento no cinema.

3 comentários:

  1. A Equipe cinemateca resolveu fazer um especial para Scarlett Johansson??Vc quis dizer: o Fernando resolver fazer um especial num eh mesmo???? eu não tava sabendo de nada!!!ahuahuahuahauhuaha..mas blz,tudo bem...fiocu legal o seu especial,parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Bem interessante! Continue Assim, achei muito bem feito!

    ResponderExcluir

Deixe um comentário #NuncaTePediNada