quarta-feira, 3 de junho de 2009

Christian Bale




Por Bárbara Sousa


Por conta da estréia de Exterminador do Futuro : A Salvação nos cinemas dia 05/06/2009 ( nesta sexta-feira ), o blog Cinemateca apresenta o Especial Christian Bale.
Christian Charles Philip Bale ( ou Christian Morgan Bale ??? ) nasceu em 30 de janeiro de 1974, em Haverfordwest, Pembrokeshire, no Reino Unido, e cresceu vivendo na Inglaterra, Portugal e Califórnia.


É o mais novo de uma família com três irmãs: Erin, Sharon e Louise. Sua mãe era uma dançarina de circo. Seu pai, o piloto de aviões David Bale, casou pela segunda vez com Gloria Steinem, ícone do movimento feminista, em 3 de setembro de 2000, e faleceu em 30 de dezembro de 2003, aos 62 anos.




Um dos hobbies de Bale é ler. O ator é conhecido por ser um verdadeiro rato de bibliotecas. Também gosta de andar a cavalo, sendo considerado um excelente cavaleiro.
A primeira vez que Bale esteve em uma tela foi aos nove anos, quando estrelou um comercial de cereais. O ano era 1983 e o trabalho só foi visto pelos britânicos, já que a propaganda só passou por lá.


Em 1987, despontou nas telas ainda menino ao estrelar O Império do Sol, de Steven Spielberg. No filme, Bale é um garoto de 11 anos que está na China com a família em plena 2ª Guerra Mundial.
Quando protagonizou O Império do Sol, em 1987 (com apenas 13 anos), Bale descobriu o peso da fama. E não gostou nem um pouco: "Era um horror! Eu estava prestes a chorar nas entrevistas e fugir durante as coletivas de imprensa."




Uma das habilidades de Bale como ator é a facilidade de imitar sotaques. Tanto que, em cada trabalho, ele utiliza um sotaque diferente. Quando interpreta algum americano nas telonas, ele procura manter o mesmo sotaque nas entrevistas sobre o filme, isso para não confundir o público.

Bale foi escolhido a dedo por Winona Ryder para fazer o papel de Laurie em Adoráveis Mulheres, de 1994, que tinha a atriz como protagonista.

Foi por meio de Winona Ryder que conheceu sua assistente pessoal Sibi Blazic, com quem casou em 29 de janeiro de 2000. Eles têm uma filha, nascida em 27 de março de 2005, chamada Emmaline.


Em 1998, Bale estrelou Velvet Goldmine. Ele era o jornalista Arthur que, na década de 80, precisa relembrar seu passado para escrever uma matéria. Ele revive as histórias que viveu entre roqueiros glam, inspirados em David Bowie e Iggy Pop


Sua performance em Psicopata Americano (2000) não rendeu somente elogios do público e da crítica. A revista Entertainment Weekly colocou Bale na lista de "Pessoas Mais Criativas do Entretenimento". Já a Première, na mesma época do filme, colocou o ator entre os "Protagonistas Com Menos de 30 Anos Mais Quentes".

Leonardo DiCaprio havia sido escolhido pelo estúdio para viver Patrick Bateman em Psicopata Americano. Mas como o ator estava no auge de sua popularidade - inclusive entre as fãs mais novinhas -, achou melhor não encarnar um psicopata. Eis que o papel acabou voltando às mãos de Christian Bale, já que ele havia sido escolhido pelo autor do livro

Em 2005, Bale chegou às telonas na quinta aventura do Homem-Morcego como o próprio herói. Para o papel, teve de recuperar os 28 quilos que perdeu para o filme anterior O Operário (2004) e ganhar mais nove quilos de músculo

E isso é só uma pequena parte da carreira de Bale, que consta em sua filmografia oficial, se contar os filmes feitos para a TV Britânica, o seu trabalho de dublagem feito em Pocahontas ( 1995 ) e os projetos em andamento. Como já dei um baita resumão na carreira do ator, agora vamos aos filmes de Christian Bale que são obrigatórios para qualquer fã de cinema ( não necessariamente do ator ), os que são bons e a bomba.Claro, mesmo os bons atores se comprometem a fazer coisas que só Deus duvida, tamanha a má qualidade do projeto.

E não esqueçam, Christian Bale em dose dupla, em junho com Exterminador do Futuro : A Salvação (05/06/2009 ) e em julho, Inimigos Públicos (24/07/2009 ).



Os Obrigatórios: filmes que qualquer cinéfilo deveria ver

Batman - O Cavaleiro das Trevas ( The Dark Knight, 2008 ) :

Simplesmente a melhor adaptação de histórias em quadrinhos da atualidade e filme que consagrou a carreira de Christian.Porém, os holofotes se voltaram ao seu colega de set, Heath Ledger que entregou a melhor performance de sua carreira, mas que infelizmente morreu antes do filme estrear.
Recheado de cenas antológicas como: a explosão do hospital geral de Gotham, a caça ao Harvey Dent e a cena das barcas, que uma deveira explodir a outra à meia-noite, senão as duas explodiriam, uma com os bandidos e outra com os cidadãos comuns de Gotham.Apesar de toda a mídia ter se focado na morte de Heath, na sua interpretação e posteriormente na sua premiação póstuma como Melhor Ator Coadjuvante no Oscar 2009, The Dark Knight não seria tão bom quanto é pelo seu conjunto, unindo um ótimo elenco com um ótimo diretor ( que deveria ter sido indicado ao Oscar esse ano !!! ) e convenhamos, o longa não seria o mesmo se Christian não fosse o Batman.Imagine se colocam Michael Keaton ou Val Kilmer de novo???Meu Deus, ainda bem que isso não aconteceu.
Nota:10

Os Indomáveis ( 3 : 10 to Yuma, 2007 ) :

Refilmagem do faroeste Galante e Sanguinário, Os Indomáveis é uma ótima opção pra quem ainda não tomou contato com esse tipo de gênero.Russell Crowe faz Ben Wade, um bandido barra pesada que foi preso e estava indo até o trem , onde seria levado para a prisão de Yuma e seria condenado.Christian Bale faz Dan Evans, um rancheiro honesto e trabalhador, mas falido que se oferece para levar Ben Wade até Yuma, em troca da recompensa que salvaria sua família da miséria.
Mesmo atuando com um ator como Russell Crowe, que faz um ladrão assassino ser extraordinariamente encantador por conta de seu talento e carisma,Christian não faz feio e assim, Dan Evans bate de frente com Ben Wade, se nenhum se sobressair em relação ao outro.A diferença entre eles é que um é o típico mocinho herói e honesto e outro é o bandido que na teoria deveríamos odiar, mas é difícil detestar Ben Wade.
Nota:10
Leia a crítica completa:




O Grande Truque ( The Prestige, 2006 ) :

Outra contribuição de Christian com o diretor Christopher Nolan.Nesse filme, ele faz o mágico Alfred Bordem, obcecado em ser o melhor mágico de Londres, depois do acidente que levou a esposa de Robert Angier ( Hugh Jackman ) morrer em pleno palco, onde a amizade entre os dois fez crescer ódio e uma rivalidade levada até as últimas consequências.No Especial Hugh Jackman, citei que esse é o filme em que ele realmente mostra o seu talento e isso não é diferente a Christian,porém ainda acho que a grande interpretação de sua carreira é em O Operário.Com um ótimo suspense, que te deixa grudado na poltrona sem perder nenhum detalhe da trama e com um final que deixa qualquer um de boca aberta, O Grande Truque é um dos ótimos filmes que infelizmente não tiveram uma boa passagem nos cinemas devido a sua má divulgação no Brasil, deixando espaço para as obras medianas que foram lançadas no mesmo ano.Fora que ainda há aquela frase super massa que aparece no começo e no fim do filme: "Está olhando atentamente???"
Nota:10

Batman Begins ( Batman Begins, 2005 ) :

O recomeço da saga Batman no cinemas e com o pé direito, diga - se de passagem.É um filme simples, mas muito bem conduzido e que conta com fidelidade a história do herdeiro Bruce Wayne, que perdeu os pais em um assalto e desde então vivia amargurado em busca de justiça.
Depois de correr o mundo inteiro treinando artes marciais e convivendo com os piores criminosos, ele retorna à sua cidade natal para fazer justiça com as próprias mãos, como o mascarado Batman.Finalmente um diretor resolveu contar direito o surgimento do Batman, inclusive da onde ele arrumava todo aquele aparato tecnológico que aparecia do nada em todos os outros longas anteriores.
Entretanto, mesmo sendo um ótimo filme, derrapa em alguns pormenores da história, como o ataque de Ra´s Al Ghul à Gotham City e a própria filosofia oriental que na minha opinião não se encaixou muito bem.O longa tem um ótimo elenco, contando com Gary Oldman, Liam Neeson, Morgan Freeman, Ken Watanabe e até a participação de Katie Holmes, como Rachel Dawes, que possui uma boa química com Christian.Ah, fora a presença de Cilliam Murphy, como o Espantalho, que foi uma boa surpresa, e voltou em The Dark Knight para fechar a participação de sua personagem.E Christian, de longe é o melhor intérprete do homem- morcego até agora.
Nota:9





O Operário ( The Machinist/ El Maquinista, 2004 ) :

Esse sim , apesar dos blockbusters, é o melhor filme de Christian e em que ele mais demostra o seu talento, além de ter emagrecido 28 kg e estar irreconhecível sob a aparência esquelética.Adoro esse filme e recomendo.O Operário conta a história de Trevor Reznik, um homem que trabalha numa fábrica e que não dorme há um ano.Sempre da casa para o trabalho e vice-versa, os únicos lugares diferentes que ele vai de vez em quando é a lanchonete de um aeroporto e fica conversando com uma garçonete chamada Maria ( Aitana Sánchez-Gijón ) e ao apartamento da prostituta Stevie ( Jenni fer Jason Leigh ).
Quando Trevor conhece Ivan ( John Sharian ), um operário da fábrica que ele nunca tinha visto antes e que , por causa dele Trevor se distrai e faz com que um dos seus colegas de trabalho perda o braço, a vida dele vira de pernas para o ar.Alegando que Ivan o distraiu, Trevor é considerado louco pelos seus colegas e superiores, pois não há nenhum Ivan no quadro de funcionários da empresa.Então Trevor começa uma investigação para saber se realmente ele perdeu a sanidade ou se há algum tipo de conspiração contra ele.A melhor cena é quando Trevor briga com Stevie, pensando que ela estava junto com o tal Ivan e há uma importante revelação, já nos minutos finais do longa.Outra coisa bacana é o joguinho da forca que alguém deixa pra ele colada na geladeira revelando detalhes importantes do final.
Nota:10



Adoráveis Mulheres ( Little Women, 1994 ) :
O típico romance água com açúcar, mas que não enjoa em nenhum momento.Winona Ryder, Claire Danes,Kirsten Dunst e Trini Alvarado são quatro irmãs muito unidas apesar de serem muito diferentes umas as outras.Josephine ( Winona Ryder ) é a mais velha e a mais intectualizada das irmãs, e que sonha em ser escritora.Depois que conhece Laurie ( Christian Bale ) a sua vida e a dele muda, pois ela o considera apenas um amigo , mas ele se apaixona por ela.Quando Laurie pede Josephine em casamento, ela o rejeita e vai morar em Nova York, onde se envolve com um professor universitário ( Gabriel Byrne ), porém quando sabe que uma de suas irmãs está muito doente, ela retorna à casa de sua mãe Marmee ( Susan Sarandon ).
É um filme lindo, tocante e até as pessoas mais insensíveis vão se render a ele.Sem exageros ou caras e bocas, o espectador torce para todas as personagens terem um final feliz, sem exceção.
Sinceramente, Christian está perfeito nesse filme.
Nota:9

Os bons: os filmes que não são obras-primas, mas que também não são bombas


Império do Sol ( Empire of the Sun, 1987 ) :

Filme de estréia de Christian Bale e num projeto de Steven Spielberg, com John Malkovich, Ben Stiller e Miranda Richardson no elenco.Christian, na época com 13 anos, interpretou Jim Graham, um garoto de 11 anos, rico que mora com os pais na China em plena Segunda Guerra Mundial.Quando o Japão invade a China, Jim se perde dos seus pais e perde a boa vida que tinha.Assim ele vai parar num campo de concentração.Logo que a comida acaba,ele e os outros sobreviventes migram de campo em campo para conseguirem sobreviver até que a guerra acabe.
Um filme bonito, mas que é marcado pelo sentimentalismo em excesso.Como se já não bastasse o fato de uma criança estar perdida dos pais, sozinha e ainda na Segunda Guerra Mundial, Spielberg faz questão de enfatizar essa situação, com cenas feitas somente para arrancar lágrimas do público.Para o filme de estréia e com a pouca idade, Christian está muito seguro em seu papel e a mudança pela qual sua personagem passa ao decorrer do filme não é forçada.
Nota:7
Leia a crítica completa:
http://cinemaateca.blogspot.com/2009/02/criticaimperio-do-sol-empire-of-sun.html


Velvet Goldmine ( Velvet Goldmine, 1998 ) :

Um filme que homenageia o Glam Rock que surgiu em meados dos anos 70, que tem como representantes máximos Iggy Pop e David Bowie e que claramente inspiraram Brian Slade ( Jonathan Rhys - Meyers ) e Kurt Wilde ( Ewan McGregor ), os protagonistas do longa.
Quando a morte repentina do ícone pop Brian Slade é desmascarada anos após, o jornalista Arthur Stuart ( Christian Bale ) é incumbido de investigar o paradeiro de Brian.Entrevistando pessoas ligadas a ele, inclusive sua ex- mulher Mandy ( Toni Colette ), Arthur vai entrando em contato com um mundo que seduziu o músico e que o fez simular a própria morte, além de lembrar de acontecimentos importantes da sua vida.
O filme é bem feito, os atores estão muito bem nos seus respectivos papéis, mas Christian possui pouco tempo em cena, sempre que começa a entrevistar alguém, corta para um flashback, que por sinal tem aos montes nesse filme, fazendo com que ele fique cansativo em determinado ponto.
Nota:7
Leia a crítica completa:
http://cinemaateca.blogspot.com/2009/02/critica-velvet-goldmine.html


Psicopata Americano ( American Psycho, 2000 ) :

Apesar de não ser o melhor filme de Christian Bale na minha opinião, ele definitivamente é um marco na sua carreira, pois deu mais notoriedade ao trabalho dele.Patrick Bateman ( Christian Bale ) tem tudo: é bonito, rico e trabalha em Wall Street.Porém só um detalhe faz com que ele seja diferente de seus colegas, o fato dele ser um psicopata andando livre para matar.
Depois de ver que um dos seus colegas de profissão, Paul Allen ( Jared Leto ) tem um cartão de visitas melhor e mais bonito que o seu, a inveja mortal de Patrick faz com que ele sinta o desejo de matar qualquer um que tenha alguma coisa melhor do que ele.
Psicopata Americano é um filme bacana, que todo cinéfilo que se preze já deve ter assistido ou ao menos ouvido falar, mas ele falha em construir uma atmosfera de suspense em torno do protagonista.Porém ele mostra a juventude consumista e materialista dos anos 80, os yuppies, com direito a Phil Collins figurando na trilha sonora do filme.
Nota:7


Equilibrium ( Equilibrium, 2002 ) :
Bebeu discaradamente da fonte de Matrix, entretanto o filme tem idéia própria e interessante.Num futuro próximo, a humanidade está fragilizada depois da Terceira Guerra Mundial, que quase destruiu o planeta.Dando - se conta de que a natureza humana que provoca as guerras,na Terra há somente um Estado totalitário chamada Libria e foi estipulado que todos os seus habitantes deveriam tomar uma droga experimental chamada Prozium, para controlar as emoções.Quem sente emoções, as manifesta em forma de artes plásticas, músicas ou simplesmente se recusa a tomar a droga é considerado um "ofensor", é preso e condenado à pena de morte, indo parar na câmara de incineração.Christian Bale é John Preston, um sacerdote que depois de acidentalmente ter deixado de tomar o Prozium, começa a sentir emoções e tenta se rebelar contra o sistema que o criou.
Seria um bom filme de ficção de não tivesse os inevitáveis furos no roteiro, mas que nesse caso se tornam muito incômodos.Por exemplo, no longa, quem toma o Prozium tem todas as suas emoções inibidas, ou seja, não ri, não chora e não sente dor.Em um determinado momento, a personagem Seamus ( Dominic Purcell ), o colega de John que também é um sacerdote, aparece rindo quase o tempo inteiro que aparece em cena, chegando a ser sarcástico e irônico em alguns momentos.Ora, se o cara não tem emoções, como é que ele consegue rir e ainda fazer piadinhas???Queria que o escritor/diretor do filme Kurt Wimmer me explicasse essa gafe.
Nota:7,5

O Sobrevivente ( Rescue Dawn, 2006 ):

Bom, logo de cara o titulo em português já entrega o final do filme.Baseado em fatos reais sobre a vida do tenente-aviador americano Dieter Dengler, quando o avião que ele pilotava enquanto estava fazendo uma missão de reconhecimento no Laos ,caiu no meio da mata e ele foi capturado e feito refém dos traficantes de droga laonenses, sendo torturado e preso.
Vou direto ao ponto, o filme é bom até certo ponto.Depois descamaba para a pieguice, principalmente no desfecho.Mesmo tendo emagrecido para fazer o papel, Christian não nos entrega a sua melhor atuação e eu torci mais para o amigo de Dieter, Duane ( Steve Zahn ), se salvar do que para ele.Mesmo assim, ainda é uma boa opção.
Nota:7,5
Leia a crítica completa:
http://cinemaateca.blogspot.com/2008/12/crtica-o-sobrevivente-rescue-dawn.html


A bomba: passe longe, mesmo sendo um filme só, mais é tão ruim que vale por 10 bombas juntas


Tempos de Violência ( Harsh Times/Bad Times,2005 ) :

Sem mais comentários, esse filme é um lixo.Sem história,sem pé nem cabeça e com péssimas atuações, Tempos de Violência deve cair no esquecimento.Jim Davis ( Christian Bale ) é um ex-fuzileiro naval que tenta entrar na Polícia de Los Angeles.Enquanto isso, faz o melhor amigo Mike ( Freddy Rodriguez ) mentir para a mulher dele, Silvia ( Eva Longoria ) de que está arrumando emprego, mas na verdade os dois saem todos os dias juntos para beberem e usarem drogas.Com muitas personagens , o filme não se aprofunda nem nos protagonistas e muito menos explica as relações deles com as personagens secundárias.O longa só se arrasta e nunca sabemos o porquê de tudo aquilo estar acontecendo, fora que Jim, a personagem de Christian, enlouquece de uma hora para outra e tentaram fazer do cara um "Jack Torrance" da vida, mas o diretor esqueceu de dois detalhes, o filme em questão não é O Iluminado e por mais que eu adore Christian Bale, ele não é um Jack Nicholson.Falta muito arroz e feijão pra ele atingir esse patamar.
Nota:0

IMDB ( Internet Movie DataBase ) Christian Bale :

2 comentários:

  1. Nooossa Babi...se superou nessa hein??
    ficou bem legal esse especial...pelo jeito vc manja msm d Christian Bale neh?? sabe d todos os filmes do cara...gostei d ver!! Parabéns!!

    ah! tah bem legal o visual do blog sim!

    ResponderExcluir
  2. Opa blz...
    olha eu tava lendo que vc barbara viu todos os filmes do Cristian Bale para fazer o seu especial dele , admiro essa força de vontade que vc teve, e a dedicação para poder postar um especial de cada filme dele , parabens msm,tem gente que gosta de ver filmes , a gente como nós que naum bastamos ver o filme , mas sim ver , e tirar uma ideia e pesquisar e querer saber como tudo aquela historia foi criado ate chegar no ponto de ver o resultado final, e vamus pensar que nossos blog's pode ser o primeiro lance de degrau que a gente quer subir, para chegar la no topo.

    ResponderExcluir

Deixe um comentário #NuncaTePediNada