sábado, 12 de março de 2011

Esposa de Mentirinha (Just Go With It, 2011)

Mais uma reunião de Adam Sandler e seus amigos, que conta mais uma vez com a direção de Dennis Dugan, que fez ao lado do comediante filmes como "Gente Grande", "Eu os Declaro Marido e...Larry" e "O Paizão", e como seus filmes anterioeres, este reune uma sequência de besteirol que poderá agradar alguns!

por Fernando Labanca

Baseado na peça de teatro francesa "Flor de Cactus", que em 1969 também foi parar nos cinemas, portante, digamos, que "Esposa de Mentirinha" é um remake bem moderno, modificando as situações para o presente e encaixando sempre que possível as piadinhas despretenciosas e o besteirol de Adam Sandler.

Adam é Danny Maccabee, que no passado, um loser que no dia do casamento descobre que sua noiva o fazia de otário, resolve abandoná-la, mas na mesma noite descobre que ser noivo pode lhe trazer alguns benefícios, como conhecer belas mulheres, pois elas se interessam por homens que se compremetem a algo e a partir de então, leva seu anel de noivado para todos os cantos. Já na fase adulta, virou o "pegador" devido sua brilhante idéia, virou um cirurgião plástico de sucesso, eis que conhece Palmer (Brooklyn Decker), uma bela garota, mas depois de uma noite juntos, ela fica horrorizada por descobrir que ele tem um anel de noivado.

Para tentar resolver a situação, ele inventa uma história de que está se separando. Porém, desta vez tudo se torna mais complicado, quando Palmer decidida a investir no relacionamente resolve conhecer sua ex-esposa. Danny, então, conta com a ajuda de sua amiga de longa data Katherine (Jennifer Aniston) que devido a um deslise seu, revela que tem dois filhos. O circo está armado, para nascer uma relação de harmonia, Palmer e Danny vão para o Hawai, juntamente com Katherine, sua esposa de mentirinha, e seus dois filhos que terão que entrar na brincadeira também e fingir que tem um pai. Porém nesta viagem, Danny perecebe que há muitas coisas em comum com sua "esposa" e ter finalmente uma família pode não ser uma idéia tão ruim assim.


"Esposa de Mentirinha", apesar dos clichês, trás uma história boba, mas bem divertida. E apesar das piadas grosseiras de Adam Sandler, há vários momentos bem engraçados, um humor descomprometido, leve que fará muitos dar boas e longas gargalhadas. Além de várias referências a cultura pop, sempre presente nos filmes de Sandler. O problema mesmo é a insistência do comediante em levar as telas seus amigos, muitas vezes parecendo alguns dias de férias que os atores resolveram tirar, e para não cair na mesmice decidiram colocar uma câmera lá e brincar de fazer filme. O clima é tão descontraído que nem parece que tem um roteiro e um propósito a seguir.

Adam Sandler simplesmente não inova como ator, é um humorista e só funciona assim neste filme, seu lado ator de verdade é completamente ignorado, e aliás, o humor vem da siatuação e não de sua performance que está longe de ser engraçado. Portanto, atuação mesmo está nos coadjuvantes que entraram na brincadeira e fizeram deste filme algo bem melhor do que seria. Para começar, Jennifer Aniston, com a mesma cara, mas mesmo assim, diverte e são dela alguns dos melhores momentos do filme, seu humor convense e mais uma vez demonstra uma incrível naturalidade. Os atores mirins encantam, como filhos de Aniston, Bailee Madison, a garora, dá um show a parte, a atriz que é uma grande revelação, se destacou em filmes como "Ponta Para Terabítia" e "Entre Irmãos", e neste ela mostra seu lado mais cômico e diverte. Ainda há algumas surpresas no elenco, como Nicole Kidman, interpretando uma antiga amiga de Katherine, e ao lado de Jennifer Aniston, demonstra uma boa química e faz alguns momentos bizarros, mas ainda assim, divertidos. Ainda há participações do músico Dave Matthews e do comediante Nick Swardson.

"Esposa de Mentirinha" abusa do humor, tem momentos grotescos, outros realmente hilários. Foca bem mais na comédia do que no romante, que apesar da química existente ente Sandler e Aniston, o roteiro não se prendeu na relação nos dois, e graçás a isso, o filme termina bem fraco, se conseguisse se aprofundar e tirar melhor proveito do casal, este seria um filme melhor. Mas tem suas boas intenções, quem nunca mentiu para os outros para se mostrar uma pessoa melhor? Quem nunca mentiu para si mesmo para se sentir uma pessoa melhor? O filme nos mostra alguns personagens que chegaram numa fase da vida em que não tiveram tanto sucesso e não conquistaram exatamente o que queriam ou o que realmente precisavam e para preencher este vazio, mentem, fazer uma propaganda enganosa de si mesmo, simplesmente para parecer melhor, para mostar que está tudo bem. Vale pelos coadjuvantes e pelo humor, e num final de semana para descontraír, pode ser uma boa pedida! Mas para reflexões mais profundas, passe longe, e quem espera uma comédia romântica com um belo final, esqueça!

NOTA: 6.5

3 comentários:

  1. Hilário este filme,chorei de tanto rir....

    ResponderExcluir
  2. Hilário este filme,chorei de tanto rir....

    ResponderExcluir
  3. Este filme é cheio de surpresas, achei excelente e ainda melhor do que Adam Sandler tem feito. Eu nunca imaginei ver Jennifer Aniston e Nicole Kidman em uma comédia filme, mas, felizmente, já vê-los neste papel. Adam Sandler tem mostrado grande talento para criar, dirigir e estrelar em filmes de comédia. Seu humor é muito agradável e acho que é por isso que todos possam desfrutar de seu trabalho.

    ResponderExcluir

Deixe um comentário #NuncaTePediNada