sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Crítica: Se7en - Os Sete Crimes Capitais ( Seven )


Um filme ótimo , com um final melhor ainda. Morgan Freeman está perfeito , Brad Pitt provou que não é só um rostinho bonito e Kevin Spacey é um dos serial Killer mais aterrorizantes da história do cinema.



Por Bárbara


Um assassino está a solta.Pessoas morrem de acordo com os sete pecados capitais.Dois policiais de personalidades diferentes assumiram o caso.
Um é jovem , impetuoso e está em início de carreira.Outro é maduro , sábio e está prestes a se aposentar.Este é Seven - Os Sete Crimes Capitais.

A história dos detetives David Mills e William Sommerset ( Brad Pitt , Morgan Freeman ) não é chocante por apenas se tratar de um serial killer.Está muito acima disso.

Aqui não temos um assassino louco , pervertido , sádico.Muito menos um que voltou dos mortos ou que queria apenas vingança.John Doe ( Kevin Spacey , ótimo neste filme , canastrão em Superman - O Retorno ) era , acima de tudo temente a Deus.Matava pessoas seguindo a ordem dos sete pecados capitais por achar que está cumprindo uma "obrigação".Não queria se misturar com essas pessoas , muito menos matá - las por matar.Queria lhes dar uma lição.Puní -las por estarem pecando.

O que Jigsaw faz em Jogos Mortais John Doe faz em Seven ,porém com mais propósito.
Não que ele esteja certo em matar pessoas por que são vaidosas , preguiçosas , gulosas...mas o Jigsaw faz até depois de morto em Jogos Mortais não tem a mesma profundidade.Por que Jigsaw sequestra e faz as pessoas se matarem em seus jogos sádicos??Por que ele estava morrendo e punindo as pesoas que estavam saudáveis , mas jogando suas vidas fora??O que diabos ele tem a ver com isso???Ou melhor , o que as pessoas tem a ver com a sua doença??

John Doe é diferente. Mata as pessoas por serem pecadoras , e como ele mesmo diz para David perto do final do filme , as pessoas que ele matou eram mesmo inocentes??Isso fez que não só David e Sommerset parassem para pensar , mas também o público.Será que pecar é só matar e roubar?


Seven é um filme fantástico , uma coisa que Jogos Mortais já foi um tempo ,mas que não é mais.Seven te faz pensar , não só em quem é o assassino , ou que será que vai acontecer com os protagonistas , mas nos faz pensar em nossas próprias atitudes.O final desconcertante também nos mostra que se a arte imita a vida e vice-versa , nem sempre temos um final feliz.


Brad Pitt prova que não é so um rostinho bonito ( embora eu não ache ele tão bonito assim ) , mas prova que é um ator competente e que merece estar ao lado de Morgan Freeman , que por sinal está ótimo.Nenhum dos dois se sobressai em relação ao outro e a amizade que nasce entre Mills e Sommerset é natural.Kevin Spacey dá um show como John Doe , principalmente no final do filme.Para mim , depois de Hannibal Lecter está John Doe.Cada olhar , a fala mansa , a inteligência e a frieza de John Doe me deu cada arrepio na espinha graças a atuação de Kevin!

Um único ponto negativo do filme para mim foi a escolha de Gwyneth Paltrow como Tracy Mills , esposa de David.Ela não demosntrou nada.Inexpressiva do começo ao fim do filme.


Enfim , Seven dá um banho em todos os serialls killers que assombram nossa mente.Esqueçam Jason , Freddy Krueger , Michael Myers e outras criaturas que não se cansam de morrer e ressuscitar! A essência do mal está em cada um de nós , por isso que tenho muito mais medo dos seres humanos "civilizados" do que de monstros desfigurados.

Nota:10

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um comentário #NuncaTePediNada